Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Codebits 2008

Estou a (tentar) acompanhar o Codebits 2008
pelo video em tempo-real.

 

Enquanto não disponibilizam os videos das várias sessões deste ano,
resolvi ir ver os videos do Codebits 2007 :)

 

 

 

sinto-me:
música: Garbage - I think I'm Paranoid
publicado por Koshdukai às 00:48
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

Spore \o/

sinto-me:
publicado por Koshdukai às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

A minha ilhota...

 

A semana passada resolvi espreitar a resposta da Google aos chats em ambientes 3D, visitando o novíssimo Google Lively.

 

Para usufruir do dito, basta ter uma Google Account (portanto, quem tiver Gmail, tem uma coisa dessas) e instalar um pequeno add-on (tal como é preciso instalar o Adobe Flash Player para conseguir ver algumas páginas de Web) para o web browser (Firefox ou Internet Explorer) et voilá, podem entrar numa sala de conversa em 3D.
 

(fãs do Second Life ou do IMVU, já sei que há destas coisas há muito tempo, mas... continuem a lêr, sff)

 

Sim, porque uma das vantagens duma sala do Lively é que pode ser embebida em qualquer página da web, blog, etc... podendo portanto, quem tiver o tal add-on instalado, visitar uma dessas salas durante a leitura do blog que a suporta, ou a página onde esta foi colocada.
 

(infelizmente, o blogs.sapo.pt não permite que eu o demonstre neste post, mas podem verificar isso num post do meu outro blog...)

  

Gostei da simplicidade do processo de instalação e rápidamente estava a criar uma sala de conversação ("chat room") minha, ao que se seguiram muitas outras... porque isto depois é um vicio... né ;)

 

Há também que escolher uma aparência para o nosso boneco ou "avatar" que podemos mudar a qualquer altura. Podemos também alterar-lhe as suas caracteristicas, como o estilo e cor do cabelo, dos olhos, da pele, etc...

O nome que usamos (alcunha, "nick" ou "nickname") também pode ser alterado quando se quiser, embora seja impossivel alterar a nossa Identificação no Lively (equivale a um "userID" unico que permite identificar sem ambiguidade, cada um dos utlizadores).

 

A forma de "mobilar" as nossas salas não é tão simples e amigável como para quem está habituado a jogar o The Sims, mas anda lá perto... mais ou menos.

 

Uma sala pode tomar variadissimos aspectos ("shells") que variam tanto quanto a imaginação e capacidade do autor que os criou originalmente.

 

Vão desde a apartamentos, a torres, teatros, cemitérios, ilhas, ou espaços enormes que simulam estar-se submerso no oceano, numa cintura de asteroides no espaço ou ter-se uma penthouse no meio duma cidade (ok, 90% é cenário para criar a ilusão de termos um terraço num arranha-céus, mas o efeito resulta bem), etc... :)

 

O dono da sala pode permitir que qualquer um dos seus visitantes ou convidados, adicione ou mova os objectos na dita cuja, ou que apenas mova, ou que ninguém lhe mexa a não ser ele (evitando assim ter surpresas da proxima vez que visita a sua sala, tipo... sei lá... ter toda a sua mobilia pregada ao tecto, por exemplo... né Itzemi? xP).

 

Depois de se escolher uma "shell", pode começar-se a enche-la de objectos dos mais normais (sofás, cadeiras, mesas, ...) aos mais estranhos (o esqueleto dum T-Rex, quadros assombrados que fazem barulho, uma gigantesca estação de desinfecção de... porcos xD, etc...).

 

Os objectos podem ter animação, coisa que, n'alguns até é engraçado e natural (como abrir um grelhador e ver lá uns bifes a grelhar). Há também aqueles completamente "parvos" (mas que arrancam uma gargalhada às primeiras vezes) como os exploding pigs, etc...  enfim -.-

 

 

Em termos técnicos, da rápida análise que fiz (logo, poderá estar imperfeita e conter erros!) aos ficheiros que nos chegam quando se entra numa sala de conversa, pude aperceber-me do seguinte:

  • O tal add-on que é instalado é baseado na tecnologia Gamebryo game engine.
  • O protocolo de comunicação usado para a conversa em texto ("chat") é encriptado e baseado no protocolo do Jabber, ou mais correctamente Extensible Messaging and Presence Protocol, como já seria de esperar, pois é o usado no Google Talk.
  • As salas ("chat rooms"), os bonecos ("avatars") e todos os outros objectos, são definidos através de ficheiros do tipo Gamebryo File Format (.NIF). Já existem ferramentas open source de importação/exportação deste tipo de ficheiro para vários editores 3D, incluindo o Blender :D
  • Estes ficheiros supportam o uso de JavaScript para controlar o comportamento do objecto, bem como o uso de outras técnologias usadas na web, como css, xml e rss feeds, etc
  • Também é possivel embeber ou referênciar ficheiros Adobe Flash (.SWF), o que permite ter o flash player do YouTube embebido em objectos como TV's, etc...
    É engraçado que o autor desses objectos usou o truque de esticar o video 18 pixels para esconder a habitual barra em baixo, onde aparece o botão de play/stop, do volume, etc... Ora, mais valia ter deixado isso à mostra!!! Não esticava a imagem e podiamos mexer no som e parar o video quando quisessemos... enfim :( 

Google Rooms (pre-Lively)

Como curiosidade, Google Rooms foi a designação usada durante as primeiras versões.

 

A capacidade de poder haver objectos com comportamentos programáveis é muito interessante, bem como o suporte que há a tecnologias habituais em páginas web, deixa-me curioso quanto ao tipo de objectos que serão disponibilizados no futuro!

 

Como disse, para já existem objectos como TV's ou ecrãs de cinema que aceitam o endereço (ou apenas o código) dum video do YouTube, bem como Quadros de parede que aceitam um endereço duma ou várias imagens ou até um RSS feed do Picasa, ficando assim com um slide-show nesse quadro (no momento em que escrevo isto, esta capacidade está desligada... acho q descobriram um bug qualquer, então o autor deste objecto, desligou-a "temporáriamente"), Aquários com peixes "espertos" que mandam umas bocas de vez enquando ("frases" vindas dum RSS feed dos autores do aquário), etc...

 

Outro aspecto interessante é que qualquer objecto pode conter um link para qualquer endereço na web. Isto permite, por exemplo, alguém que queria montar uma loja virtual onde cada objecto poderá estar ligado à sua página respectiva, e assim processar a venda electrónica da coisa.

 

Uma das utilizações que lhes dou, para já, é como portais para outras salas (chambres, rooms, zimmers!!! ...oops! xD)

 

Há também os comentários, que é uma coisa que todos os objectos suportam. Pode-se deixar comentários em tudo, incluindo a sala.

 

Os bonecos ou "avatars" suportam eles próprios algumas animações, bem como animações de interacção com outros, e... riem-se... riem-se como se não houvesse amanhã -.-

 

Algumas dessas animações são despoletadas quando são detectadas palavras chave ou emoticons (smiles) no texto que se escreve. Algumas no inicio é giro, mas, depois torna-se chato, enfim... resta-me dizer que agora tento controlar o uso do :P e do :D (há sempre o =P e o =), mas adiante!)

 

Para terminar (que isto já vai bem mais longo do que pretendia), digo apenas que há ainda muito que melhorar no Lively. Tanto na quantidade de objectos, como no tipo de interacção que estes permitem, como na variedade e qualidade (porque nota-se bem, quanto mais há, mais decresce a qualidade e novidade, começam a aparecer muitas cópias "ah, mas este tem a chama lilás em vez de azul" ou "ah pois, este sofá é igual mas é às bolinhas em vez de ser às risquinhas" -.- etc...).

 

Os objectos que aceitam videos do YouTube, por enquanto, apenas aceitam um, e forçam-lhe a repetição ("loop"), portanto, poucos são os videos que resistem a causar cansaço aos presentes na sala com os ditos a tocar sem parar.

 

Espero que em breve os autores desses objectos permitam que se desligue o som, desligue a repetição e, o mais importante de tudo, permitam o uso de Playlists do YouTube, resolvendo assim o problema de um video apenas, se tornar monótono. 

 

Dito isto, resta-me acrescentar que, está previsto a abertura ao público (não sei quando, nem como, nem com que nivel de filtragem ou acesso) à criação de conteúdos (objectos para as salas, roupa, acessórios cortes de cabelo, etc.. para os avatars) bem como dos próprios avatars e room shells.

 

Google Lively

 

E pronto... agora é a tua vez de experimentar ^^

 

 

Já agora, um exemplo muito bom do que se pode fazer de util com este novo serviço:

 

Museum of Modern Stuff

by philipp.lenssen

publicado por Koshdukai às 13:15
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

:)

:pesquisar

 

:Tweetments... :P

:Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

:posts recentes ^ topo

: Codebits 2008

: Spore \o/

: A minha ilhota...

: Portugal no GTA IV

: ...e por falar em Física ...

: TÁ QUASE!!! TÁ QUASE!!! =...

: Será desta que "a moda pe...

: "PUM! PUM! ESTÁS MUERTO!"...

: "Ai vai molho, batatas co...

:arquivos

: Agosto 2016

: Janeiro 2016

: Maio 2013

: Janeiro 2012

: Janeiro 2011

: Dezembro 2009

: Dezembro 2008

: Novembro 2008

: Outubro 2008

: Setembro 2008

: Agosto 2008

: Julho 2008

: Abril 2008

: Março 2008

: Dezembro 2007

: Novembro 2007

: Outubro 2007

: Setembro 2007

: Agosto 2007

:tags

: todas as tags

:mais sobre mim

:favoritos

: Clara no Metro

:subscrever feeds